B L O G

Dicas, conteúdos, informações e materiais grátis sobre Gestão de Transportes, Frotas e Armazéns.

O cotidiano de uma transportadora é cansativo, todos sabemos isso. Contratação de motorista, manutenção de veículos, emissão dos documentos, gestão financeira, etc. São muitos detalhes onde o gestor deve estar atento ao supervisionar tudo. Em meio a tantas particularidades, é normal, por exemplo, o operacional cometer erros ao emitir o CT-e e o gestor não conseguir monitorar adequadamente as operações. Quando isso acontece, o que deve ser feito? Neste post explicamos a diferença entre Cancelamento e Correção de CT-e.

É perfeitamente compreensível cometer algum equívoco ao preencher as informações na hora de emitir um CT-e, dado a quantidade de informações e detalhes que são necessários para emitir o documento fiscal - por isso existem formas de automatizar a emissão do CT-e (veja aqui). Mas algumas vezes é necessário o cancelamento do CT-e por motivos de erros no preenchimento dos dados de mercadoria ou alguma mudança de operação.

No entanto, o cancelamento do CT-e não é uma operação muito simples. Entenda como fazer o cancelamento sem gerar problemas.

Cancelamento de CT-e

Quando algum erro for identificado, o CT-e poderá ser cancelado somente se o transporte não teve início. O prazo para o cancelamento do CT-e é de 7 dias.

Agora, se o CT-e for emitido com algum valor inferior ao correto, não é necessário cancelar o documento. Nesses casos, basta emitir um CT-e de Complemento com os valores ajustados por meio de geração de arquivo XML.

Já quando o CT-e emitido tiver com valor superior ao correto, a medida a ser tomada é a Anulação de Débitos da operação (CT-e).

Importante!

Se o CT-e estiver vinculado a um MDF-e, é necessário cancelar primeiro o manifesto - sendo que este possui prazo máximo de 24h após sua emissão. Portanto, o prazo de cancelamento do CT-e, passa a ser o mesmo do MDF-e, ou seja, também passa a ser de 24h. Por isso esteja sempre atento ao emitir qualquer documento, a fim de evitar quaisquer problemas posteriores.

Carta de Correção eletrônica (CC-e)

A Carta de Correção eletrônica pode ser emitida quando apenas alguns dados básicos precisam ser ajustados, tais como:

  • CFOP;
  • Dados do veículo;
  • Dados do motorista;
  • Tipo de pagamento;
  • Observações; etc.

Informações que não podem ser alteradas com CC-e são:

  • Valores relacionados a prestação de serviço (pedágio, valor do frete, taxas do transporte…);
  • Valores de impostos e suas variáveis (como ICMS, base de cálculo, alíquota, diferenças de preços);
  • CNPJ do tomador do serviço (pagador do frete);
  • Remetente;
  • Destinatário;
  • Dados cadastrais do emitente;
  • Data de emissão ou de saída;
  • Dados da Nota Fiscal vinculada ao CT-e.

Se houver mais de uma CC-e para um mesmo conhecimento, todas deverão ser reunidas na última carta com todas as informações corrigidas anteriormente.

Importante!



Vale lembrar que um CT-e com CC-e não pode ser cancelado. Por isso, caso o seu cliente não aceite o documento, a melhor opção é realizar o Cancelamento do CT-e, pois uma vez a Carta emitida, o conhecimento não poderá mais ser cancelado.

Conclusões

Podemos concluir que entender dos dois processos são fundamentais para realizar os processos do dia a dia de uma transportadora, pois nunca se sabe quando terá que utilizar um deles.

A melhor maneira de efetuar essas operações são através de um software de gestão de transportes. Um sistema especializado possui as ferramentas necessárias para emitir documentos, por exemplo o CT-e, e cuidar da parte financeira de toda a empresa.

Já imaginou emitir o CT-e em apenas 1 min de forma automatizada e evitando erros? Sim, isso é possível!

Conheça o FreteFácil Essentials, o mais novo sistema para transportadora que comporta tudo o que você precisa para a gestão da sua empresa. Conheça mais vantagens no site: http://www.softcenter.com.br/essentials/


Ficou com alguma dúvida? Não deixe de entrar em contato conosco! Através do e-mail marketing@softcenter.com.br ou por telefone (43) 3321-4655.

Acompanhe nossas redes sociais! Acesse o nosso FacebookInstagramYouTube e LinkedIn!


Leia mais:

Emiti um CT-e errado e já passou o prazo de cancelamento, como proceder?

CT-e denegado: o que é e como resolver

Checklist: Como fazer a emissão do CT-e de Redespacho

Entenda o ICMS no CT-e

Da cidade origem à cidade destino: entenda quem são os envolvidos no CT-e


relatorio gratuito: transportes de cargas sem documentacao obrigatoria

[Relatório gratuito] Transporte de cargas sem documentação obrigatória