artigo gestão de frotas para sassmaq - caminhão tanque

O transporte de produtos químicos possui algumas particularidades das quais a transportadora deve estar ciente. Como vimos no artigo anterior, possuir uma certificação Sassmaq pode ser um diferencial. Outra forma de melhorar a distinção da empresa é aliar a gestão de frotas com o Sassmaq.

O módulo rodoviário do Sassmaq avalia a qualidade e segurança dos processos internos e serviços da transportadora. Essa avaliação envolve toda a empresa e neste artigo vamos destacar como a gestão da frota pode ser afetada e influenciada nesse processo todo.

O Sassmaq rodoviário compreende em diversos pré-requisitos que serão avaliados e certificados para que a transportadora possa realizar viagens de forma a atender as exigências do sistema.

Assim como a gestão da frota, onde diversos itens devem ser cumpridos de forma a proporcionar um rendimento da empresa mais eficiente.

Itens de responsabilidade do gestor de frota

A avaliação para certificação do Sassmaq consiste em licenças e vistorias que serão analisadas pelos órgãos certificadores.

São avaliados de forma integrada a gestão da qualidade, ambiental, de saúde e segurança de uma empresa prestadora de serviços na área de logística e/ou transporte que opera com produtos químicos.

Vistorias

Para manter o certificado (recertificação) ou para obter o certificado Sassmaq, é necessário cumprir com as vistorias exigidas pela Abiquim.

As vistorias são classificadas conforme indicadores divididos nas seguintes categorias:

  • Segurança do Trabalhador;
  • Segurança do Processo;
  • Segurança de Transportes;
  • Social;
  • Meio ambiente.

Os indicadores de desempenho ainda são classificados em tipos: Mandatárias, Indústria e Desejáveis.

Dentre os itens vistoriados, destacamos alguns exemplos que são de responsabilidade do gestor de frota:

  • Número de acidentes no transporte;

  • Frequência de acidentes;

  • Dias perdidos correspondentes aos acidentes;

  • Gravidade dos acidentes;

  • Número de viagens totais para transporte de produtos químicos;

  • Quilometragem total no transporte de produtos químicos;

  • Consumo de óleo diesel utilizado nos veículos de transporte de produtos químicos.

Gestão de frota para Sassmaq

A gestão de frota é primordial para a administração financeira da transportadora, pois é por meio dos caminhões que seu lucro é gerado.

Dois dos principais objetivos da gestão da frota é melhorar o desempenho dos veículos e garantir a segurança dos motoristas e da carga.

Faça uma plano de manutenção preventiva

Para realizar a manutenção preventiva, independente do tamanho da sua frota, é interessante elaborar um plano. Elabore um programa que tenha: consulta dos dados atuais, checklist das manutenções, orçamento, calendário das manutenções, entre outros, conforme for a necessidade da empresa.

Com as manutenções em dia você reduz o consumo de combustível, o número de manutenções e ainda prolonga a vida útil dos pneus.

Vale a pena também acompanhar a frequência das manutenções corretivas. É só avaliar se o número de ocorrências está diminuindo. Esse resultado está diretamente ligado aos checklists e principalmente à conscientização do motorista.

Com um melhor desempenho da frota, os indicadores de performance, redução de consumo de combustível e vida útil dos componentes e peças tendem a progredir.

Conscientize seus motoristas

A conscientização passa primeiramente sobre a responsabilidade de cada condutor não só sobre a sua própria integridade física, mas também daqueles que compartilham a estrada com ele.

É importante ressaltar sempre que a vistoria não é “perda de tempo”, mas sim uma garantia de segurança que impacta milhares de pessoas.

São inúmeras vidas que se beneficiam dessa pequena atitude: não somente ele, mas sua família que sempre aguarda seu retorno em segurança e os outros motoristas e suas respectivas famílias.

Palestras, cartilhas e reuniões internas servem bem o propósito de conscientização.

Cabe também ao gestor que fique atento aos números apresentados de consumo e tempo de vida útil das peças e componentes vistoriados.

É fundamental que o condutor traga todas as notas da viagem, de cada ocorrência, com a devida anotação de quilometragem na qual cada evento ocorreu.

Todas as notas auxiliam no controle do veículo e de seus componentes, o que permite ao gestor trabalhar com mais informações para manter o veículo rodando com um bom desempenho e segurança, o que é também do interesse do motorista.

Seguro, treinamentos e outras certificações

Outros itens como seguro obrigatório, treinamentos, certificações complementares, entre outros, podem acrescentar na segurança de forma geral.

Assim, é possível diminuir a frequência e, consequentemente, o número de acidentes, melhorando os indicadores do Sassmaq.

O plano de manutenção preventiva e a conscientização dos motoristas são ações importantes para o gestor de frota que busca manter um padrão de qualidade para a certificação do Sassmaq.


ebook gestao de frotas sem desperdícios